Sunday, April 27, 2008

Parabéns Rena!


Acabamos agora mesmo de descobrir quando é que o Rena fazia anos!

Já passou, é verdade, mas ainda vamos a tempo!

Foi dia 23 de Abril, esta quarta, que Rena, ex-baixista dos D fez anos.

Já há muito tempo que ninguém sabe o que é feito dele! É pena, ele era um grande baixista e um espectáculo digno de se ver em palco: sempre dinâmico e incentivador, chamando sempre pelo público e pelos outros membros.

Estejas onde estiveres: Parabéns Rena!!!


Tai

Saudades! é pena não haver mais vídeos e performances dos D enquanto lá estavas! Ainda mais pena tenho de não te ter visto actuar ao vivo. Mesmo assim espero que tenhas tido um dia fantástico e que contes muitos!

Parabéns Rena-san!


Yari desu!

Otanjobi Omedetou Gozaimasu Rena-san!
Anata wa doko ni desu kaaaaaaa
Opah era tão nice ouvir-te tocar, não que não goste do Tsunehito nos D, ele é muito nice, mas são sempre aquelas saudades. Provavelmente eras o homem com mais pica naquela banda, e notava-se a influencia positiva que tinhas nos outros.
Mesmo que agora não estejas com os D agradeço-te por teres ajudado os D a lançarem-se no mundo da música.
Doumo Arigatou Gozaimashita Rena-san!
Kissu

Thursday, April 24, 2008

Review | Dir en Grey - The Code of Vulgar[ism]

É mais um DVD que nos chega às mãos e desta vez é feito pelo Yuki. Podem não conhecê-lo, mas é um amigo nosso guitarrista que tb tem uma grande paixão por Jrock, e após este DVD lhe cair nas mãos sentiu um enorme desejo de fazer uma review...e nós não recusámos XD.


Aqui ficam as apresentações...

Bem... olá eu sou o Yuki, e OMG o dvd da minha banda favorita caiu-me nas maos WOOt.

pois e depois agora tens o dvd pipi e tal...

ESCREVE-NOS UMA REVIEW PA DIZER O QUE ACHAS !! *joking*


O DVD em si é composto por gravações feitas durante os dois ultimos concertos feitos pelos Dir en Grey durante a tour do album "vulgar" o que explica o nome do dvd ^^.
As musicas no dvd são na maioria do album "vulgar" e a uma pequeniiiisima componente do album "withering to death" que na minha opinião sao dos melhores albuns editados pelos diru...

Esta edição é composta por 2 dvd's, o dvd principal e o dvd bonus *.*, que fica por último mas não por ser menos importante ;).
Na minha opnião o dvd esta construído de uma maneira excelente onde se misturam baladas e sons explosivos, que tratam de diversos temas como politica, aborto , ódio , religião, o amor e a dor do mesmo. Enfim basta lembrar que é Dir en Grey... :D

A edição especial do dvd ( EU TENHO MWHAHA )

Com o tal dvd extra que possui documentários e alguns excertos de outros concertos e até duas músicas de outra tour "Macabre", possui menos qualidade de video do que o dvd principal , porém mostra ensaios da banda antes do concerto , a preparação da banda, o Kyo a fumar, o Shinya a afastar se dos fumos dos outros membros, o Kaoru a ouvir musica, enfim a divertirem-se imensamente antes dos concertos "leve tom de ironia..." nota KYO NAO DEVES FUMAR !!!

O concerto, ou melhor, os concertos na minha opnião, estão lindos. Da magnitude dos recintos à aparencia da banda e da plateia, a maior pena, well na minha opnião, é o facto de depois de anos a fumar o vocalista Kyo ja nao possui uma capacidade vocal tão boa como por exemplo no primeiro dvd "OSAKA JO HALL" nota tambem para o facto de, ao longo dos anos a banda ter perdido gradualmente a componente visual-kei tão caracteristica nas bandas de jrock, pelo menos nas roupas que passaram a ser muito mais simples do que costumavam ser.

A ordem em palco o que me surpreendeu foi o facto de ser a mesma nos dois concertos :
Kaoru no canto esquerdo sempre no canto, Die no canto direito , o baixista Toshiya ao fundo à esquerda , ao fundo na bateria Shinya e ao centro fundo esquerda direita no chao e no tecto sim por que aquela pessoa "baixinha" tem uma energia contagiante estou a falar de Kyo.

O que mais gostei no dvd?
"hmmm" difícil responder tendo em conta o meu gosto por Dir en Grey, bem podia dizer que gostei de tudo mas gostei da expressividade imposta pela
banda na música Red..[em] ,Sajou no uta , The final a energia de machiavelism e saku, a critica feita ao aborto de forma tao crua por "Obscure", adorei tambem a calma com que Die ao deixar a sua guitarra de 47104102€ cair ao chao durante a musica simplesmente olha para baixo e tira outra (xD)(Lenne on: é só guita: Lenne off).

E bem... sendo assim chego ao fim do primeira review que faço de um dvd ^^ espero que tenham gostado de a ler ^^

Eis a ordem das musicas :
1.
"G.D.S."
2. "Child Prey"
3. "The IIID Empire"
4. "Increase Blue"
5. "Mr.Newsman"
6. "Audience Killer Loop"
7. "Drain Away"
8. "Marmalade Chainsaw"
9. "Machiavellism"
10. "Red... [em]"
11. "Amber"
12. "Sajou no Uta"
13. "Asunaki Koufuku, Koenaki Asu"
14. "New Age Culture"
15. "Obscure"
16. "Fukai"
17. "Syokubeni"
18. "Hydra"
19. "Ugly"
20. "Kasumi"
21. "The Final"
22. "Saku"
23. "Hades"
24. "The Domestic Fucker Family"
25.
"Byou「」Shin"
26. "Jessica"
27.
"R to the Core"
28.
"Umbrella"

O dvd bonus possui as seguintes filmagens :

Encores, April 24
1.
"The Final"
2. "Drain Away"
3. "Obscure"
4. "Child Prey"
5. "The Domestic Fucker Family"
6.
"Byou「」Shin"

Encores, April 25
1. "The Final"
2. "Saku"
3. "Hades"
4. "Jessica"
5. "R to the Core"
6. "Umbrella"

e tambem os "PV's" das musicas : "Increase blue" e "amber".

Yuki :)


Trabalho elaborado por Lenne

Texto elaborado por Yuki

Tuesday, April 22, 2008

NewsWeek 1.2 | Miyavi & This is The Japanese Kabuki Rock

Começamos esta semana com o menino Miyavi, é verdade este nosso irreverente e muito talentoso Jrocker lançou mais um album no mês passado e tem preparada uma tour mundial, e na qual vai brindar com a sua bela presença na terra de nuestros hermanos, mais propriamente em Barcelona (desgraçados XD).


A 19 de Março lançou o seu novíssimo albúm THIS IZ THE JAPANESE KABUKI ROCK, e como se podia esperar este trabalho marca a continuação do seu extenso trabalho nas suas letras e música, que têm vindo a sofrer uma mudança e evolução desde o ano passado. Uma mudança radical, mas que nos deixa a chorar por mais, pois aqui o Miyav procura sempre maneiras de surpreender os seus fans seja num albúm, ou em público.


Como não podia deixar de ser...deixo-vos aqui uma entrevista que o nosso querido Miyavi deu no dia 21 deste mês, em que nos fala um pouco do seu último trabalho e da tour que aí vem.
Aproveitem...

Ouvi o teu último albúm. É de uma certa maneira, uma obra problemática.
Miyavi: Eh? Porquê?

Acho que o conteudo é bastante radical.
Miyavi: Ah, estou a ver... É bastante forte neste albúm. Mas tentei aliviar mais para o fim do albúm.

Hmmm, então aliviaste o som (risos). No entanto, é interessante que o tenhas terminado com a tua atuação a solo. De qualquer modo, a força da 1ª metade marca bastante impacto. Os sons são agressivos e as palavras quase tabu. O que eu quero dizer é que disseste sem problemas o que ninguém consegue dizer mesmo quando o querem dizer.
Miyavi: Achas? Não estava consciente disso. Basicamente, é o que tenho feito ultimamente...deixo as coisas fluirem naturalmente. Estou particularmente consciente do título no entanto “Sou Japonês”, e penso que seja também pela tour mundial que aí vem.

Isso soa muito forte. Sentes que carregas a bandeira japonesa?
Miyavi: Sim, mas isso já soa a exagero, eu acho (risos). É uma grande responsabilidade.


As canções são na sua maioria de uma natureza pesada. Fiquei bastante impressionado com muitas canções da primeira metade.

Miyavi: Era por essa razão que haviam algumas frases que eu queria cantar com bastante confiança. Podia ser pesado, mas queria cantar da maneira certa...então é assim meio denso (risos).


Na primeira música JPN PRIDE, a identidade japonesa é colocada em destaque. Pensei então na frase que usaste, “Shimagumi dokonjou” (insularismo), que normalmente é considerada como negativa, mas que no teu trabalho soou bastante positiva.

Miyavi: O ser humano está sempre a ver os aspectos negativos. Isso inclui-me. Mas penso que seja importante como podemos mudar as coisas de modo a torna-las melhores. Estas letras são densas, mas consigo vê-las de um modo positivo. São profundas, mas no entanto positivas. O que eu quero dizer é que a sua positividade é simplesmente profunda. Bem, no entanto...não sei. Não acho que as raparigas gostem deste tipo de letras (risos)(Lënne on: deve ser porque não conheces as portuguesas :P Lenne off). Mas queria cantar estas letras da maneira certa, especialmente porque ou viajar pelo mundo.


Este ano vais fazer uma tour intensa pelo mundo.

Miyavi: Terei muito orgulho em ser japonês. Não tenciona falar mal dos outros países, mas nós japoneses não gostamos de esquecer da parte interessante que faz de nós asiáticos. Bem, isto é tudo muito forte (risos).



Lënne here... Over!

Trabalho elaborado por Lenne

Monday, April 21, 2008

NewsWeek 1.1

Como o nome indica esta semana vai ser a semana das novidades, coscuvilhices... é verdade, esta é a semana em que vamos por tudo em pratos limpos, e saber o que os nossos Jrockers andam por aí a fazer.

Vamos falar de projectos novos, albuns, tours que andam por aí...fiquem atentos!

Pois é a Tai e a Yari foram de férias (e bem merecidas) e eu fiquei a tomar conta do Blog, por isso esta semana quem manda sou eu Muahahahaha!!! Cof cof...


Lënne here... Over!

Trabalho elaborado por Lenne

Friday, April 18, 2008

Review | Kuon & Barairo no Hibi

Dois singles dos nossos já conhecidos D vieram à luz recentemente. Estou a falar de Kuon e Barairo no Hibi.

Venho aqui falar-vos um pouco de cada um antes que um novo chegue. Sim, pois podem acreditar que cada vez que as fotos no site oficial do D são alteradas um novo PV aparece!

Primeiro Barairo no Hibi. Porquê este primeiro quando saíram em simultâneo? Porque é o “menos D” dos dois.

Esta é uma música deveras alegre. Nada comum no estilo da banda. Quase que parece uma música…pop O_o Mas não, o estilo rock e principalmente o toque único dos D está presente. Aposto que é mesmo impossível não acrescentar este toque! Isto quer dizer que a qualidade do som, do ritmo, da voz e dos solos continua excepcional.

Após o “choque” inicial podemos ouvir (e ver) claramente o que estamos mais acostumados a ver na banda. A voz de Asagi continua poderosa, harmoniosa e hipnotizante. A guitarra de Hide-Zou manteve-se complexa enquanto que Ruiza continua a brilhar no solo, sempre o seu momento. As arrojadas subidas e descidas no braço do baixo continuam a ser a marca de Tsunehito, enquanto que ao mesmo tempo o acompanha a batida ritmada de Hiroki.

A diferença é: estão muito alegres! Muita luz, muita cor, muito sorriso, olho azul e dança. O impacto é maior quando pensamos no clip anterior: Shwarzschild. Estávamos num mundo escuro, negro mesmo, gótico. E agora encontramo-nos na luz alegre de uma primavera no prado. De notar que o gótico nunca os deixou e a sua classe quase victoriana mantém-se.

E continuo a achar que anda mão do Hide-Zou naquela música! Ora voltem lá atrás e ouçam As’Real. Vão ver como esta música relembra o estilo da antiga banda.

O segundo clip, Kuon, é completamente diferente. E aqui vemos marcadamente a influência romântica de Asagi.

Quem segue a banda sabe que muitas das músicas são compostas pelo vocalista. Provavelmente repararam igualmente que Asagi é o compositor da maioria das baladas.

Em Kuon somos levados até um mundo muito mais próximos de nós ocidentais: as Arábias. O mundo romântico dos desertos, o por do sol a liberdade das extensões aparentemente sem fim. Os músicos na contra luz mostram sentimento com os movimentos do corpo, quase sem vermos as expressões faciais. Kuon é uma música sentida e envolve-nos num ambiente romântico, sensual e quase onírico, Eram já aspectos presentes em D mas agora estão muito mais marcados.

Vejam ambos os clips se ainda não os viram e tirem as vossas próprias conclusões. Depois digam qualquer coisa!


Tai deshita

Ps: ambos os clips saíram neste último álbum Neo Culture. Barairo no Hibi na versão A e Kuon na versão B.

Thursday, April 17, 2008

Faixa 7. Charlotte | Cusquices & Stuff


E eis que a semana dos Charlotte chega ao fim, e já que acaba tem um fim em grande. Por iso decidi colocar aqui uma entrevista que encontrei, que os nossos rapazes deram quando visitaram o Brasil, Rio de Janeiro. Um abraço para os nosos contemporaneos brasileiros que tiveram a sorte de os receber (e um muito especial para os que têm visitado o nosso blog).
Espero que tenham gostando tanto deles como eu XD.

A entrevista foi dada no dia a seguir ao concerto, estavam todos cansados, mas ao mesmo tempo alegres por falar sobre o espectaculo.

Podem apresentar-se para podermos ficar a conhecer um pouco mais sobre vocês e a banda?
Kazuno: Somos os Charlotte. (em português) Eu sou o vocalista Kazuno.
Ruka: Somos os Charlotte. (em português) Eu sou o baixista, Ruka.
Takane: Somos os Charlotte...
Kazuno: Já não há necessidadede dizer Charlotte (risos).
Takane: (em português) Eu sou o baterista, Takane.
Mitsoujo: (em português) Eu sou guitarrista, Mitsoujo.
Touya: (em português) Eu sou guitarrista, Touya.
Kazuno: No Rio (risos).


Porque é que escolheram o nome Charlotte?
Kazuno: Pelo seu som. Houve uma altura que ouviamos Charlotte Church, achamos que o som soava bem, e decidimos dar esse nome à banda.

Então não existe um significado especial?
Kazuno: Não(risos).

Muitas bandas de visual kei, oshare kei têm feito concertos na Europa e América há já alguns anos. Tendo assinado com uma discográfica internacional, e tendo o vosso trabalho reconhecido no Japão, já alguma vez tinham pensado em receber um convite para tocar além-mar?
Kazuno: Sim. Muitas banda já tinham sido convidadas para tocar além-mar, e já estavamos à espero de algo parecido. A nossa surpresa foi tocarmos no Brasil.

Conheciam alguma coisa sobre o Brasil antes do espectáculo?
Kazuno: Só as coisas mais famosas, mas não os detalhes.

Como é que foi a experiência de visitar o Brasil?
Ruka: Uma sequência de surpresas.
Kazuno: Existem muitas diferenças se formos comparar com o que estamos habituados no Japão, ficámos surpreendidos com muitas coisas. E além disso, divertimos-nos imenso, e toda a gente tem sido mto simpática.

Deram dois espectáculos no Brasil, ficaram surpreendidos com alguma coisas em relação a esses espectáculos?
Kazuno: Embora tenham sido no mesmo país, a reacção do público nos dois sítios foi diferente e isso foi mto interessante.

Ao longo da vossa carreira temos visto que muitos dos momentos nos bastidores são gravados e colocados nos vossos DVD’se outros extras muito engraçados. Estes momentos são importante para criar a imagem da banda?
Kazuno: Sim são. Não só os concertos, mas também memórias de momentos alegres vividos.

Escolheram um tema escolar para a banda. Porque razão fizeram esta escolha?
Kazuno: Nessa altura, não havia nenhuma banda que usasse o tema escolar. E no Japão, porque é um local onde certamente vai muita gente, achámos que seria mais fácil para as pessoas entenderem melhor as mensagens das músicas. Foi também para criar uma identidade para a banda.


Uma pergunta pessoal. Que tipo de estudante eras?

Kazuno: Não fazia coisas más/travessas, mas costumava andar com pessoas que o faziam.
Ruka: Era um deliquente (risos).
Takane: Costumava estudar muito.
Mitsujou: Chegava sempre atrasado.
Touya: Era muito boa pessoa (risos).


Um elemento sempre presente nos vossos concertos é o furitsuke (coreografias). Quem as cria?

Kazuno: Primeiro eu crio. Depois se tiver algumas dúvidas pergunto aos outros membros da banda. Mas como eles só fazem sugestões esquesitas, eu acabo por ter de fazer tudo (risos).

Esperam que os vossos fans além-mar sigam o furitsuke?
Kazuno: Se for para aproveitar o concerto de uma banda japonesa, era interessante que o fizessem. Mesmo que não o façam estam a aproveitar o concerto, isso é o que importa.

Como é o processo dos Charlotte para compor músicas?
Kazuno: Anteriormente, faziamos a parte intrumental juntos primeiro e depois as letras e a melodia. Mais tarde, e porque querias fazer muitas mais músicas, cada membro cria e apresenta o seu trabalho, e depois combinamos os vários elementos, decidimos como vai sair.

Muitas bandas, quando tocam além-mar, tentam livrar-se do estereotipo de “visual/oshare kei”. Sentem-se confortáveis com esse denominação?
Kazuno: Sim.
Ruka: Não vemos qualquer problema em relação a isso.
Kazuno (a perguntar ao Touya) : Podessos chamar-lhe visual kei (risos)?

Vocês são a primeira banda de visual/oshare kei a visitar a América do Sul. Estando À frente de um mercado em crescimento como este, têm alguma impressão que queiram partilhar acerca da posição das bandas de visual/oshare kei?
Kazuno: Existem muitas bandas japonesas similares, por isso eu acho que ao criarem a sua própria identidade seria interessante. Eu acho que se as bandas japoneses não se esforçarem, não serão capazes de manter os fans de Jrock interessados pelo mundo fora. Os fans além-mar são mais entusiastas em relação ao Jrock que os fans no Japão, por isso acho que as bandas deviam seguir essa determinação.


No ano passado os Charlotte surpreenderam toda a gente ao dizer que se separariam caso não esgotassem todos os bilhetes de um concerto. Podem-nos falar sobre isto? Era uma piada?

Kazuno: Sim. Era verdade (todos concordam). E por falar nisso, mesmo pessoas que não podiam ir ao concerto porque moravam muito longe compraram os bilhetes para ajudar.

Quais as vossas influências musicais? Orientais e Ocidentais?
Kazuno: Luna Sea. Bon Jovi.
Ruka: Luna Sea. Mr. Big.
Takane: The Blue Hearts. Aerosmith.
Mitsujou: Tube. Extreme.
Touya: Luna Sea. Mr. Big.

Têm alguma memória ou momento especial desta viagem ao Brasil?
Kazuno: Os fans são espectaculares!
Ruka: A carne é muito boa.
Takane: O entusiamos dos concertos.
Mitsujou: A gentileza dos brasileiros.
Touya: O entusiamo nos concertos e os vendedores de rua (risos).


Existe alguma música em especial que remomendem a quem queira conhecer os Charlotte?

Kazuno: Mmm...
Ruka: São tantas...
Kazuno: Existem não é? Todas! (risos) Cada canção dá uma sensação diferente, por isso todas.

E aqui ficam alguns videos tontos aqui dos rapazes:

SC24 Comment (o meu favorito XD)
Charlotte - LAE Special Happy Nu Year 2004/2005

Sharu we Dance? (Live)
Diamond Busaiku (Live)
Heiwa~Pinfu (Live)
GOING mae he (live)
(DVD) Charlotte Part I

(DVD) Charlotte Part II
(DVD) Charlotte Part III
(DVD) Charlotte Part IV

Lenne here...Over and Out!


Trabalho elaborado por Lenne

Sunday, April 13, 2008

Faixa 6. Charlotte | Música

Olá pessoal, como é de esperar hoje é dia de falar sobre a música que é feita pelos nossos rapazes...correcção, pelos nossos treslocados rapazes. Vocês já viram os PV’s destes moços? Não conseguem levar nada a sério (XD).

Ora então começemos, nos Charlotte existem 6 intrumentos a voz pelo
Kazuno, as guitarras pelo Mitsujou e Touya, o baixo pelo Ruka e a bateria pelo Takane, e claro sem deixar esquecer o sintetizador. Juntos produzem música bastante agradável ao ouvido, musicalmente divertida, dá vontade de começar a dançar.

Não se nota a existência de sons fabricados, talvez por a banda desejar fazer um tipo de música mais jovem, que remeta mais ao ambiente adolescente e escolar, por isso se eles existem são muito bem disfarçados.

No que toca à voz do vocalista, tem uma voz limpa, parece não gritar, pelo menos não notei que gritasse, conforme ouvia as músicas deste nossos rapazes. Acho a voz do Kazuno um tanto ou quanto melódica, e isto notasse na maoria das suas músicas, e na maneira como manobra a voz para acompanhar a melodia produzida pelos seus colegas de banda. Faz-nos lembrar aquelas bandas de adolescentes em que o vocalista seduzia com a sua doce voz as jovens (XD).

O estilo de música que a banda faz, é um tipo de rock mais suave, algumas vezes com um ligeiro toque de jazz, com uma musicalidade bastante alegre. E é por causa disto que a sua música não é muito ritmada, tem o ritmo que se deseja para o tipo de música que desejam transmitir. Não quero com isto dizer que a música dos Charlotte não é ritmada, é, mas como é um estilo de rock mais suave, tem um tipo de ritmos mais suaves também.
É por tudo isto que os Charlotte fazem-nos lembrar aquelas bandas de escola, não só pela música em si, mas pelas letras e pelo seu visual como banda. Sempre vestidos de igual, nos concertos, Pv´s, entrevistas e sabe lá mais deus o quê, fazem-nos (re)lembrar as bandas de adolescentes, e mesmo os temas e visual que usam (uniformes e tal) remetem à vida escolar.

As suas músicas, grande maioria alegres, parecem despertar vontade de dançar, alegria. Acreditem quando eu digo que se começarem a ouvir as músicas deste rapazes, e se tiverem espirito pa isso, começam logo com uma vontade de começar a dançar, a abanar o capacete e desatar aos saltos. Isto porque as suas músicas são bastante alegres e divertidas. Ainda não acreditam??? Então ouçam a música “Shall we dance”, e depois venham-me dizer o que aconteceu :P.


Já sabemos que as suas letras falam do tema e da vida escolar, vida na escola, desgostos e amores de um estudante, e embora as suas letras não sejam muito complexas, são complexas q.b., tanto tendem a ir pela harmonia, como pelo conteúdo, onde podemos ver em algumas das músicas mais calmas.


E embora o tema seja a vida escolar, a banda tem um público-alvo bastante abrangente, não fica só pelos adolescentes, pois todos nós nos lembramos da vida na escola, e dos tempos de estudante, dos amores de liceu, e nada melhor que este nossos rapazes para nos fazer relembrar esses tempos, ou mesmo voltar a lembrar dos tempos de rebeldia (hehehe).

Os Charlotte são a prova que se pode produzir música bastante divertida, e provar que se pode fazer aquilo que se gosta mais, ter bastante prazer e ainda ganhar dinheiro com isso (XD).
Esperemos que continuem a fazer boa música, e por muito tempo... porque confesso que foram a banda mais divertida que encontrei até hoje!


Lenne here...Over!


Trabalho elaborado por Lenne

Friday, April 11, 2008

Parabéns Tooru!


Parabéns ao menino Tooru!
É no dia 11 de Abril que este menino celebra mais um aniversário! Esperemos que o tenha passado da forma mais alegre e divertida!
Mais um ano que passa, e mais um aniversário para o energético baterista dos 12012! É perfeccionista, pois trabalha sempre de forma a antigir os objectivos que coloca a si mesmo, mas com uma personalidade tão fofa e pateta, os seus colegas e amigos não devem ter deixado passar este dia sem uma festa de arromba, muito divertida!


Lënne
Parabéns Tooru-san!
Posso não te conhecer muito bem, mas sei que és perfeccionista, e que tens orgulho no teu trabalho e no que fazes.
Aposto que os teus colegas dos 12012 te prepararam uma super festa, fofa e pateta, mesmo do jeito que tu gostas! Espero que te tenhas divertido neste dia!
Kissu!



Yari desu!

Otanjobi Omedetou Gozaimasu Tooru-san!
Espero que tenhas tido um óptimo dia de anos, junto dos doidos dos 12012...não andaram outra vez a jogar às escondias pois nao XD?
Se bem que era uma forma divertida de passar o aniverssário XD
Anata no inu wa genki desu ka?
XD
Omedetouuuuuuuuuuuuuu!


Tai

Ai que vergonha! 'Tou tão off! @_@

Parabéns Tooru-san!^^

Foi ele quem andou às escondidas? Esse clip era lindo XD Ah!Mais um j-rocker capaz de animar o pessoal nos dias mais tristes!

Espero que tenhas tido um grande dia! E Parabéns uma vez mais ^^

Tai deshita!

Faixa 5. Charlotte | Origens

E chegou a altura porque todos esperavam...hehehe...a fase em que eu conto um pouco mais sobre a história da banda, e do seu percurso ao longo dos aninhos. Para mim esta é uma das parte favoritas quando ando a pesquisar sobre as bandas que estou a trabalhar, saber o percurso que a banda fez até aos dias de hoje, como são os nossos ídolos, e vemos também o que batalharam para chegarem onde chegaram.


Os Charlotte são um bom exemplo. Conseguem trabalhar bastante (como a maior parte das bandas que aqui têm passado) e fazem-no de uma maneira divertida. É caso para dizer, que quando gostamos do nosso trabalho, dá bem mais prazer estar a trabalhar XD.

Ora começemos... os Charlotte têm 3 membros considerados fundadores, todos eles de Yokohama, participaram em 2000 numa espécie de espectáculo ao vivo no Yokohama Sound Hall. Este meninos eram o Kazuno, Ruka e o Takane, e pode dizer-se que a “banda teve o seu inicio não oficial nesta altura.
Pouco depois o Mitsujou juntou-se à banda como guitarristade suporte, e por volta de Fevereiro de 2001 passou finalmente a ser um membro oficial da banda, como guitarrista principal.
Os nossos meninos deram um concerto ao vivo no Yokohama 7th Avenue, que foi seguido de uma demotape intitulada “Charlotte”.


No fim de 2001 os Charlotte tornam-se a banda que conhecemos hoje, quando o um segundo guitarrista passa a fazer parte da banda, o Touya(mais outro de Yokohama). Com isto a banda “muda” o seu nome, passa do romanizado Charlotte, para a escrita Japonesa hiragana, e passa a aparecer como
しゃるろっと.
Tal como a maioria das bandas no seu inicio, os Charlotte decidiram seguir numa série de concertos ao vivo, num calendário frenético, para mostrar ao pessoal o que eles sabiam fazer melhor, boa música e tocar XD.
Para ganharem mais notoriedade participaram em espectaculos tais como Hysteria Media Zone em Takadobaba Area, antes de lançarem o seu primeiro maxi-single. Continuaram a dar mais uns quanto concertos ao vivo, enquanto a sua fama ía crescendo.


Mas a quantidade de concertos diminuia enquanto se preparavam para eventos de maior importância tais como Stylish Wave 03, tours e lançamentos de CD’s.
Pode dizer-se que todo o trabalho e esforço que tiveram compensou, quando esgotaram o espectáculo One Man na Takadanobaba emAgosto do mesmo ano.
Em Outubro do mesmo ano alcançaram mais outro objectivo quando um CD “Tobe tobe o yuugi” que lançaram em conjunto com a banda MASK chega ao 4º lugar da tabela Oricon Indies.


No inicio de 2004, regressam a casa para um concerto One-man em casa, onde tudo começou, no Yokohama Arena Sound Hall, que para alegria dos nossos rapazes, esgotou.
Lançaram o primeiro dos seus mini-albúns neste ano, e voltaram a participar na Stylish Wave deste mesmo ano, e pela primeira vez os nossos rapazes fazem a sua primeira tour a solo pelo Japão, de Sendai a Hiroshima.
Voltam a entrar para a Tabela Oricon, com o single “Koishinbou Manse!!” que alcança o 6º lugar, e queiram acreditar ou não, é um grande feito para uma banda independente .


Em 2005 os Charlotte concentraram-se em fazer tours e participar em espectáculos, em Nagoya, Osaka e Yokohama, e lançaram ainda
um álbum com uma compilação das suas melhores músicas, uma espécie de best of, a que deram o nome de “Osharu no gakkou ichi goukan” em agosto deste mesmo ano.

Em Janeiro de 2006 lançaram o primeiro DVD “Natsuyasumi no omoide ga oppai - saigo no XX happyo”.Apesar de todo este sucesso, anunciaram em Abril de que iam passar a ter um contracto mais importante, de uma discográfica mais onhecida. Foi considerado um pouco confuso, porque não eram considerados uma das bandas mais conhecidas de Oshare kei (se os comparar-mos com An Cafe), e muitos pensaram, porque é que vão assinar um contracto assim tão importante, se outras não o fazem (força pa eles XD).
Lançaram uma nova versão de “Yokohama Love Story” (a versão original foi lançada em 2003), que foi um sinal do seu sucesso, pois estavam a assinar um contracto novo e melhor.
Em Dezembro de 2006 lançaram o seu primeiro grande álbum “Sharu de nashi blues” (primeiro grande àlbum porque estavam a gravar para uma grande companhia) que foi seguido de um espectáculo em Shibuya AX. Concerto este que esgotou, e foi o motivo e tema do seu primeiro grande DVD ao vivo lançado em Janeiro de 2007.


Os Charlotte deram o seu grande primeiro concerto fora de terra nipónicas no Brazil (XD sortudos), concerto este que foi organizado pela equipa brazileira do JaME.
Entretanto, de volta ao Japão, continuaram com uma boa quantidade de concertos, concertos estes que incluiram o 10º aniversário de Zepp Tokyo, e durante este periodo não produziram nenhuma música.
Em 2008 ainda participaram no “
shinjuku high school music fes”, que para eles deve ter sido uma espécie de volta às raízes já que o seu visual e temas andam À volta da vida escolar.


Esperemos que os nossos rapazes continuem a fazer boa música, e a surpreender-nos com o seu trabalho.


Lenne here...Over!


Trabalho elaborado por Lenne

Wednesday, April 9, 2008

Faixa 4. Charlotte | Discografia 2

(cont.)

Singles

Yokohama Love Story / Diamond Busaiku
横浜ラブストーリー
/ダイヤモンドブサイク
2006.09.06 [CD]

1. Yokohama Love Story 横浜ラブストーリー
2. diamond busaiku ダイヤモンドブサイク


Yokohama Love Story / Diamond Busaiku B
横浜ラブストーリー/ダイヤモンドブサイク
B
2006.09.06 [CD + DVD]

1. Yokohama Love Story 横浜ラブストーリー
2. diamond busaiku ダイヤモンドブサイク
DVD com PV da música “Diamond Buisaku”


Yokohama Love Story / Diamond Busaiku A
横浜ラブストーリー/ダイヤモンドブサイク
A
2006.09.06 [CD + DVD]

1. Yokohama Love Story 横浜ラブストーリー
2. diamond busaiku ダイヤモンドブサイク
DVD com PV da música “Yokohama Love Story”


Koi shinbou mansee!!
恋辛抱マンセー!!
2004.05.14 [Maxi-Single]

1. banzai banchou 万歳番長
2. hana no miyako 華の都
3. Smile 0 Yen スマイル0


Otona no kijun-2

大人の基準
-2
2003.08.21 [Maxi-Single]

1.mensagem
2. miraitoshi
未来都市
3.mensagem
4. anata chuudoku
アナタ中毒
5.mensagem
6. shara, ran
シャラ、ラン
7. toumeiningen 透明人間


Otona no kijun
大人の基準
2003.07.21 [Maxi-Single]

1.mensagem
2. miraitoshi
未来都市
3.mensagem
4. anata chuudoku
アナタ中毒
5.mensagem
6. shara, ran
シャラ、ラン
7. toumeiningen 透明人間


Yokohama Love Story 2
横浜ラブストーリー2
2003.05.21 [Maxi-Single]

1.Yokohama Love Story 横浜ラブストーリー
2. dokkidoki hatsudate ~denpa jijou special edit~
ドッキドキ初デート ~電波事情番外編~
3. Smile 0 Yen スマイル0


DEMO

Oyuugi tape
お遊戯テープ

2002.02.13

1. denpa jijou 電波事情
2. oni gokko 鬼ごっこ
3. kikan gentei aishite~ru 期間限定恋して~る
4. sakura no unmei 桜の運命


Charlotte
2001.05.26

1. boku dake no tenshi 僕だけの天使
2. awai kioku 淡い記憶☆


OMNIBUS

Zy. FORCE Vol.2
2004.11.28

LOOP OF LIFE III
2003.03.14


HYSTERIC MEDIA ZONE IV
2003.01.25

Lenne here...Over!


Trabalho elaborado por Lenne

Tuesday, April 8, 2008

Parabéns Alice Nine!


Parabéns aos meninos dos Alice Nine!
É em Abril que a banda celebra mais um aniversário! É verdade os Alice Nine sopraram mais uma vela e fizeram 4 aninhos!
Os nossos meninos têm andado atarefados este ano, e já editaram um novo single este ano “Mirror Ball” com 3 versões diferentes! Força Alice Nine!



Lënne

Parabéns Alice Nine!
Uma das minhas bandas do coração! Mais um ano que passa, um ano cheio de trabalho, evolução e divertimento, sempre a criar letras e melodias que nos fazem sonhar, imaginar, e também dancar! Espero que continuem a ser quem são, que nunca se esqueçam dos vossos sonhos e de realizá-los! Um grande abraço para os meus 5 meninos! Espero que se tenham divertido no aniversário da banda...secalhar rebentaram com umas quantas garrafas de Sake...heheheXD!
Kissu!


Tai

Viva Abril! Pois Abril trouxe-nos os Alice Nine! São uma das bandas mais divertidas em palco e nos PV. Estou contente por os ter "conhecido" e espero que durem muitos muitos anos!

Parabéns Alice Nine!^^


Yari desu!

Otanjobi Omedetou Gozaimasu Alice Nine!
Yei....tão a ficar velhos XD
Realmente a música destes rapazes é animadora, sempre que a oiço dá-me vontade de pular...yei XD
Parabens pelos 4 aninhos de existencia, da proxima vez vejo-vos a voces em palco..ou talvez não...mas tenciono ver-vos em palco XD
Omedetou!

Parabéns Aoi!



Parabéns ao menino Aoi!
Foi no dia 1 de Abril que este alegre menino celebrou o seu aniversário.
Malucos como os Ayabi são, não devem ter deixado passar este dia em branco!



Lënne

Parabéns Aoi-san!
Não te conheço muito bem, mas sei que tens uma enorme adoração por pinguins! Se soubesse para onde enviar, oferecia-te um pinguim gigante em peluche para de enroscares, e dares pulos de alegria. Aposto que os toinos dos teus colegas de banda não te deixaram descansar neste dia. Espero que te tenhas divertido!
Kissu!



Yari desu!

Otanjobi Omedetou Gozaimasu Aoi san!
És o segundo Aoi de quem eu também gosto muito...és kawaiiii dá vontade de abraçar...se bem que pareces o mais sério da tua banda XD
Então já adoptaste os pinguins todos?
Espero que tenhas tido um bom dia de anos! ^_^
Kissu

Parabéns Yuu!



Parabéns ao menino Yuu!
Foi no dia 2 de Abril que este menino celebrou o seu aniversário. Esperamos que o tenha passado de forma alegre e divertida!
Esperemos que os seus amigos e colega de banda tenham ajudado Yuu a passá-lo de forma divertida!


Lënne

Parabéns Yuu-san! Espero que tenhas tido um dia em grande e que continues a evoluir como guitarrista e que a tua carreira continue em expansão! Decerto que o resto dos membros não te deixaram em paz nesse dia tão especial! O Gara e o Nero devem ter-te escrito um poema, e os outros como são um pouco mais calões tentaram fazer um bolo. Espero que te tenhas divertido!
Kissu!


Yari desu!

Otanjobi Omedetou Gozaimasu Yuu san!
Pois..cá estamos...eu cá... tu lá...para dizer a verdade conheço pouco do teu trabalho XD
Bem quero na mesma desejar-te um bom dia de anos!
Omedetou ^_^

Faixa 3. Charlotte | Discografia 1

Até agora contam-se 4 álbuns, 2 mini-álbuns, 7 singles/maxi-singles, 6 DVD’s, 2 demo tape, 3 omnibus e muitos concertos (peço desculpa pela falta de capas, pois não consegui encontrar devido à ainda pouca notoriedade da banda).
Aqui fica uma lista com os títulos:


Sharudenashi Blues
しゃるでなしブルース

2006.12.13 [CD]

1.Shall we dance ? しゃる we dance?
2.
diamond busaiku ダイヤモンドブサイク
3.
FUCK kyûshoku FUCK給食
4. teruteru bouzu
てるてる坊主
5.
furaretariumu フラレタリウム
6. neko ni narinai
猫になりない
7. pic nic
ピクニック
8.
kamisama saibankan 神様裁判官
9.
GOING mae e GOING前へ
10. Yokohama Love Story (Album Mix)
横浜ラブストーリー(Album
Mix)

Sharudenashi Blues
しゃるでなしブルース

2006.12.13 [CD Ed. Especial]

1.Shall we dance ? しゃる we dance?
2.
diamond busaiku ダイヤモンドブサイク
3.
FUCK kyûshoku FUCK給食
4. teruteru bouzu
てるてる坊主
5.
furaretariumu フラレタリウム
6. neko ni narinai
猫になりない
7. pic nic
ピクニック
8.
saikou no natsu yasumi さいこうのなつやすみでした
9.
kamisama saibankan 神様裁判官
10.
GOING mae e GOING前へ
11. Yokohama Love Story (Album Mix)
横浜ラブストーリー(Album
Mix)

Osharu no Gakkou Futatsu Goukan
おしゃるの学校
弐号館
2005.12.11 [CD]

1. ryuunen kettei 留年決定
2.
bakumatsu koukousei 幕末高校生
3.
hoissuru. ホイッスル。
4.
omasshoi おまっショイ
5.
hikigatari shounen 弾き語り少年
6.
banzai banchou 万歳番長
7. heiwa ~pinfu~
平和~ぴんふ~
8. bainyan
バイニャン
9.
ichi nichi ichi zen 一日一善
10. Smile 0 Yen
スマイル0

Osharu no Gakkou Ichi Goukan
おしゃるの学校
壱号館
2005.08.10 [CD]

1. chaimu oobaa チャイムオーバー
2.
kataomoi kyousou kyoku 片思い競争曲
3. samourai tamashii?
侍魂?
4. hana no miyako
華の都
5. kara trap
カラートラップ
6. 39 GO! GO!
7. shonandaira My Love
湘南平 My Love
8. Sanpai ! hanabi hyukkei
惨敗花火百景
9. shabondama mitaku kiete yuku, waga bokou
しゃぼん玉みたく消えてゆく、我が母校
10.
kanpaku sengen!?関白宣言!?



Mini-Albúm

Ryuunen Kettei
留年決定

2005.04.01
1. ryuunen kettei 留年決定
2. samourai tamashii?
侍魂?
3. hoissuru.
ホイッスル。
4. shabondama mitaku kiete yuku, waga bokou
しゃぼん玉みたく消えてゆく、我が母校
5. heiwa ~pinfu~
平和~ぴんふ~
6. 39 GO! GO!

Gakuen jigoku
学園地獄

2004.01.01

1. chaimu oobaa チャイムオーバー
2.
bakumatsu koukousei 幕末高校生
3.
XXXX
4.
bainyan バイニャン
5.
kanpaku sengen!? 関白宣言!?
6.
kataomoi kyousou kyoku 片思い競争曲


DVD

Sharudenashi Blues ~Namida to Warai no Shugaku Ryoko~ Shibuban
しゃるでなしブルース
~涙と笑いの終学旅行 渋盤
2007.05.02 [DVD-Concerto]

A1. diamond busaiku ダイヤモンドブサイク
A2.
kataomoi kyousou kyoku 片思い競争曲
A3.
samourai tamashii? 侍魂?
A4.
kikan gentei aishite~ru 期間限定恋して~る
A5.
teruteru bouzuてるてる坊主
A6.
kisetsu hazure no hanabi 季節はずれの花火
A7.
ryuunen kettei 留年決定
A8.
ichi nichi ichi zen 一日一善
A9.
hoissuru. ホイッスル。
A10.
Shall we dance ? しゃる we dance?
A11.
Smile 0 Yen スマイル0
A12.
Yokohama Love Story 横浜ラブストーリー
B1.
Bainyan バイニャン
B2.
kanpaku sengen!? 関白宣言!?
Concerto ao vivo gravado em Shibuya AX (2006.11.17)
Versão limitada que contém comentários da banda e imagens dos bastidores.

Sharudenashi Blues ~Namida to Warai no Shugaku Ryoko~ Taniban
しゃるでなしブルース
~涙と笑いの終学旅行~ 谷盤
2007.05.02 [DVD-Concerto]
A1. diamond busaiku ダイヤモンドブサイク
A2.
kataomoi kyousou kyoku 片思い競争曲
A3.
samourai tamashii? 侍魂?
A4.
kikan gentei aishite~ru 期間限定恋して~る
A5.
teruteru bouzuてるてる坊主
A6.
kisetsu hazure no hanabi 季節はずれの花火
A7.
ryuunen kettei 留年決定
A8.
ichi nichi ichi zen 一日一善
A9.
hoissuru. ホイッスル。
A10.
Shall we dance ? しゃる we dance?
A11.
Smile 0 Yen スマイル0
A12.
Yokohama Love Story 横浜ラブストーリー
B1.
GOING mae e GOING前へ
B2.
chaimu oobaa チャイムオーバー
Concerto ao vivo gravado em Shibuya AX (2006.11.17)
Versão limitada que contém comentários da banda e imagens dos bastidores.

Shinban : Bangumi hajimaru tte hontou desu ka !?
宿盤
: 番組始まるって本当ですか!?
2006.04.09 [DVDPV’s]
1. ryuunen kettei 留年決定
2.
kamisama saibankan 神様裁判官
3.
happy birthday ハッピーバースディ


Shinban : Bangumi hajimaru tte hontou desu ka !?
宿盤
: 番組始まるって本当ですか!?
2006.04.09 [DVDPV’s]
1. ichi nichi ichi zen 一日一善
2.
hoissuru. ホイッスル。
3.
samourai tamashii? 侍魂?

Natsuyasumi no Omoide ga Oppai - Saigo no XX Happyo (Yoko Ban)
夏休みの思い出がおっぱい~最後の
××発表~ (横盤)
2005.01.08 [DVD PV’s]
1. banzai banchou 万歳番長
2.
kataomoi kyousou kyoku 片思い競争曲
3.
kanpaku sengen!? 関白宣言!?

Natsuyasumi no Omoide ga Oppai - Saigo no XX Happyo (Hama Ban)
夏休みの思い出がおっぱい~最後の
××発表~ (浜盤)
2005.01.08 [DVDPV’s]
1. shonandaira My Love 湘南平 My Love
2.
chaimu oobaa チャイムオーバー
3.
Smile 0 Yen スマイル0

Lenne here...Over!

Trabalho elaborado por Lenne

Saturday, April 5, 2008

Faixa 2. Charlotte | BI

Kazuno

Nome: Kazuno 和乃
Posição: Vocalista
Data de Nascimento: 13 de Novembro
Terra Natal: Yokohama
Tipo Sanguíneo: O
Peso: 64 Kg
Altura: 173 cm
Mulher favorita: que saiba cozinhar
Cor favorita: Vermelho, branco e preto
Bebida favorita: Chá
Tabaco favorito: JPS vermelho






Touya

Nome: Touya
Posição: Guitarrista















Mitsujou

Nome: Mitsujou 密乗
Posição: Guitarrista
Data de Nascimento: no natal que vem XD
Terra Natal: Terra (que alívio XD...pensei que fosse de Marte)
Tipo Sanguíneo: Verde (secalhar é de Marte...)
Peso: 52000g (tanto!!!)
Altura: 165cm
Mulher favorita: Sexy mas amável
Cor favorita: cor limpa (sim...nós não gostamos de cores sujas XD,que horror)
Bebida favorita: bebida japonesa
Tabaco favorito: Light



Ruka

Nome: Ruka 琉華
Posição: Baixista
Data de Nascimento: 23 de Junho
Terra Natal: Yokohama
Tipo Sanguíneo: B
Peso: 64 Kg e a aumentar XD
Altura: 180cm
Mulher favorita: que use óculos
Cor favorita: branco e preto
Bebida favorita: Chá de limão
Tabaco favorito: Mild Seven






Takane

Nome: Takane
Posição: Baterista















Lënne here…Over!

Trabalho elaborado por Lenne

Thursday, April 3, 2008

Faixa 1. Charlotte | Intro

Esta semana vou falar dos Charlotte, uma banda que eu encontrei quando andava à procura da banda para tratar nesta semana. Quando andava a pesquisar encontrei um PV tão tótó dos Charlotte que eu pensei “Lënne...escolhe os Charlotte, escolhe os Charlotte..”, hehehe, e que mais havia eu de fazer senão seguir aquilo que os meus neurónios desejavam...e lá escolhi os Charlotte.


Então aqui vai uma pequena introdução sobre os Charlotte ^_^.
Embora alguns membros já se conhecessem em 2000 pois pelo menos 3 eram de Yokohama, a banda formou-se oficialmente em 2001. A banda é composta por 5 divertidos rapazes embora um não desista de usar saias XD, enfim gostos...são eles Kazuno, Touya, Mitsujou, Ruka e Takane na voz, guitarras, baixo e bateria, respectivamente.
Depois de uma demo tape em que foi dado o nome de “Charlotte”, a banda tornou-se finalmente naquilo que a conhecemos hoje, e nessa altura passaram a utilizar o nome escrito em hiragana, em vez de romanji.
Como muitas bandas no seu ínicio, foram dando alguns lives de modo a se destacassem, mas foi graças à sua participação em alguns festivais, que fez com que fossem notados, e que editassem o seu primeiro maxi-single, e foi após a edição do mesmo que o sucesso dos Charlotte começou a crescer e a crescer XD.

Os Charlotte apresentam um estilo visual muito baseado na escola e vida escolar, os seus temas musicais são na sua maioria sobre a vida na escola, e é por isso que se apresentam sempre num estilo de visual que consiste em uniformes escolares. Este aspecto reflecte-se muito na música que fazem, música muitas vezes “amorosa”, uma espécie de punk rock adolescente e louco.

Esta semana vai ser uma semana muito traquina, com estes rapazes saídos da casca, não se sabe o que esperar...fiquem connosco esta semana para conhecê-los melhor.

Official site


Lënne here…Over!

Trabalho elaborado por Lenne

Wednesday, April 2, 2008

Review | Alice Nine – Hello, Dear Numbers

No dia 6 de Novembro de 2007, este DVD tocou-nos à porta e como era de se esperar foi bem recebido.
Os Alice Nine já passaram cá pelo blog e nada melhor que recordá-los com um dos seus últimos concertos.

Este DVD de edição limitada, teve lugar no dia 6 de Outubro de 2006 no Shibuya Kokaido e contém um cd com o concerto e um cd bónus com gravações da preparação do concerto e entrevistas aos membros da banda. Mas vamos com calma XD, havemos de chegar ao tal segundo cd.

Mal colocamos o primeiro cd, começa uma versão instrumental da música Corona e imagens de vários clips dos Alice, ao mesmo tempo vão mostrando algumas imagens dos bastidores. Todas estas imagens estavam a ser passadas num ecrã gigante na sala de concerto o que fez com que as fans destes rapazes ficassem logo agitadas e alegres. Dava-se então o início do concerto que tanto esperaram, concerto esse que teve todos os bilhetes esgotados.


Com aquelas curtas imagens mostradas dos bastidores podemos ver que todos eles se encontravam nervosos, o que é normal, visto que a banda nessa altura ganhava popularidade e como já tinha dito, os bilhetes esgotaram. Calculo que todos eles quisessem fazer aquele concerto inesquecível para todos os fans.

Para este concerto os rapazes decidiram ir de roupa minimamente parecida, cada um com a roupa mais ao seu estilo mas a cor vermelha foi usada por todos. Em relação ao cenário tinha que ser algo muito tipico Alice Nine. Muitas luzes, aquela espécie de laser verde muito ao estilo de discoteca e claro que não podia faltar a bela da bola de espelhos enorme que, com as luzinhas que deram aos fans fazia um efeito giro. Por momentos o pavilhão parecia ter uma data de estrelas lá dentro a piscar. Podemos considerar aquilo uma semi-galáxia? (XD)

Notou-se bem que na primeira música ainda estavam muito tensos. Para abrir o concerto escolheram a música “Velvet”. É uma música bastante conhecida por todos os fans e óptima para acalmar os animos da banda visto que a música é sempre a abrir. O nervosismo que tinham provavelmente foi todo acalmado quando os fans mostraram as suas luzinhas, foi mesmo o momento mais bonito da música. A partir daí os membros da banda começaram a soltar-se mais.

A ordem da banda em palco: Hiroto á direita; Nao no centro mais atrás; Shou no centro como é costume do vocalista; Saga à esquerda um pouco mais atrás e Tora na esquerda à frente.

A música que se seguiu foi “Q” e como é óbvio não podia deixar de falar nela. Esta música já foi muito falada durante a semana dos Alice mas desta vez é mesmo preciso falar dela: é neste concerto que vemos o Saga a cantar com o Shou. Acho que pela primeira vez focam cada um na sua vez de cantar, dando assim o devido protagonismo não só ao Shou como também ao Saga. Realmente é de se lhe tirar o chapéu! As músicas deles no baixo não são propriamente as mais simples e o Saga, para além de continuar a tocar também ajuda na cantoria e nas back vocals. É bonito de ver os dois juntos à frente no palco a cantar no mesmo micro.

Seguiu-se a música “Red Carpet Going On” e por fim a “H.A.N.A.B.I.”. Deixem que que vos diga mas aquela dança danças de banda é comum. Há quem faça perna para a esquerda, perna para a direita, estes dão mesmo voltinha esquerda, voltinha direita. O Shou até salta como é óbvio, o Tora e o Hiroto também se safam bem, mas é giro ver o Saga a tentar fazer a voltinha com a besta do baixo, lembrem-se eles estão sempre a tocar quando fazem estas coisas.

O espectáculo continuou com “Lemon”e “Mugen no Hana” onde o Shou se mostrou extremamente emotivo a cantar. Nesta música Tora preferiu tocar com uma guitarra acústica e deliciou-nos com um bonito solo. Hiroto no final da música também esteve com uma guitarra acústica. Os efeitos de luzes foram bem usados para esta música dando um ambiente de fantasia como também é tipico da banda. O som das guitarras acústicas ecoava no final da música, as duas sozinhas a tocar…

Para finalizar a “primeira” parte do concerto, embalados no ambiente de fantasia, tocaram a música “Fantasy” e foi o momento certo para revelaram a bola de espelhos. Nesta música em vez de ser o Saga a fazer back vocals foi a vez de ser o Hiroto. Hiroto esteve a fazer os belos dos “wah wah” ao longo do concerto para incentivar o público mas desta vez escolheu ser mais profundo e ajudou nas back vocals.

Até agora ainda não falei do Nao, mas ele tem o seu grande momento no concerto.
Enquanto os outros foram para os bastidores descansar, Nao ficou em palco para o momento do seu solo de bateria. Mesmo tendo ficado em palco as luzes estavam apagadas aparecendo apenas mensagens no ecrã gigante do espectáculo que explicavam o que se iria suceder nesse momento aos fans. Do que percebo de japonês, houve mesmo uma parte que preparava os fans para gritarem ao mesmo tempo pelo Nao.

O belo do “seenoo!” e lá gritavam elas. XD

Por fim começa o solo, depois de muito terem gritado, os fãs por ele.
Continua tudo escuro apenas para podermos ver duas baquetas florescentes, uma rosa e uma azul, que depois ele ofereceu ao público. Ah! E por fim o verdadeiro solo! Ok, ele é um bocadinho mau XD, muito aquele homem faz os fãs gritar pelo nome dele XD.

E lá reaparecem os outros. O Saga é o primeiro a voltar, e vem com calores...tirou o casaco para nos mostrar uma camisola praticamente transparente, muito ao seu estilo. Lá vêm o Hiroto e o Tora a correr que nem uns perdidos, cada um com uma guitarra diferente. O Shou vem nas calmas, provavelmente porque a música só começa com ele a cantar XD.

Ainda mal a música começava mas já conseguia perceber qual é: apresento-vos “Haikara naru rinbukyoku” Esta deve ser a música do Tora. Outro que também ficou com os calores porém demasiado agitado, o que também é tipico dele. Aquele homem mexe-se tanto que me pergunto como é que ele ainda está inteiro. Está tão eléctrico que salta para o palquinho do Shou e começa a fazer o seu solo. E, já que estamos numa de solo. Segue-se o Saga no mini palquinho e claro que para fan service, sim porque ele é o homem do fan service, não podia deixar de levar uma flor na boca. Também não podia terminar o seu solo sem depois lamber o braço do seu baixo XD.

E pronto, é a loucura em palco com a música “Dead School Screaming”. Saltam de um lado para o outro, metem-se com o Nao, metem-se com os fan. E mais um momento para solos, começa no Nao, passa para o Saga, Tora e termina no Hiroto.
Continuaram com a onda de música alegre com “Number Six” onde decidiram por momentos ir todos para o palco da bateria, sim aquilo é pequeno e se não têm cuidado ainda se atiram para cima da bateria!

Agora sim, para finalizar a primeira parte com “Heisei juushichinen shichigatsu n” todo o palco estava iluminado com luz clara nos momentos mais entusiastas da música. Então os fãs fizeram-se ouvir, cantando apenas com os instrumentos o Shou, bastante sensibilizado, gritou um “Doumo Arigatou!” e, no momento em que recomeçou a cantar novamente, foram lançadas uma data de fitas como se fossem foguetes em direcção aos fãs.

Parecia ter chegado o fim, eles lançaram garrafas de água, palhetas, baquetas, só não lançam os instrumentos porque os adoram, e lá foram para os bastidores.

Não tardou a ouvir-se o belo do “encore” gritado a plenos pulmões pelos fãs. Mas o que no DVD fez parecer uns segundos lá deve ter demorado um quarto de hora até os Alice decidirem voltar.

*Spoiler!*





Histérico como um miúdo de 10 anos, o Nao vem a correr para os bastidores salta a pés juntos para o palquinho mas esqueceu-se que estava de botas, como tal deu um enorme trambolhão e bateu com o traseiro no chão. Deve ter doído x.x...

Os outros, que também vinham a correr atrás, viram e não conseguiram conter os risos. Até ele se riu, quanto mais! E, como se a culpa fosse do palquinho ainda lhe foi dar um pontapé. Os outros que não estavam mal do traseiro corriam pelo palco como miúdos atrás de alguma coisa que ninguém percebia o que era. Finalmente cansaram-se e lá pegaram nos instrumentos XD.

Recomeçaram com a música “Nine Heads Rodeo Show”, “Blue Planet” e por fim “Shunkashuutou”, mal esta música começa começam a cair, não se sabe muito bem de onde, balões enormes e de diverssas cores que acabam por ir parar ao palco onde estão os membros a tentar tocar e a dar cabeçadas, pontapes, chapadas, enfim trinta e um por uma linha, nos balões XD.

Até há um momento em que o Tora não toca na música. Foi mesmo buscar os balões e atirou ainda uns quantos de volta para os fãs.

Já agora, o palquinho não é assim tão pequeno visto que cabem lá os quatro com os instrumentos XD.

Eis o momento realmente do fim. Despedem-se dos fãs com largos sorrisos nos rostos, ainda brincam com alguns balões e conseguem até rebentar uns quantos. É este o espírito dos Alice Nine.

Vou falar assim resumindamente o que se vê no segundo cd.

É o making off do concerto, onde podemos ver o staff empenhado em acabar os preparativos para o concerto já que, como sabem, antes de todos os concertos tem de se fazer um sound check o que demora algum tempo.

Vemos os membros da banda chegar ao local, e não podiam deixar de fazer toinices para a câmera. Todos presentes e prontos começam o sound check.


Eu quero que passem a vender bilhetes especiais, só alguns, para poder-mos entrar para a sala de concerto quando ainda estão a fazer esta parte XD é tão nice... continuando…

No Japão existe realmente uma ordem decente para se entrar nos concertos XD.
Graças a este segundo cd podemos saber os comentários da banda mesmo depois do concerto ter acabado.

Devido ao meu fraco japones, ainda não consigo fazer a tradução das entrevistas que se seguiram. Se bem que para os fans é suficientemente bom vê-los, mesmo que não se perceba nada daquilo que estão a dizer XD


Espero que tenham gostado da minha tentativa de review.
Yari deshita!